Um microscópio primitivo foi inventado em 1590, em Middelburg, Holanda, pelos construtores de lentes Hans Lippershey, Zacharias Jansen e seu pai Hans Jansen. Posteriormente, Galileo Galilei aprimorou o instrumento utilizando um conjunto de lentes alinhadas e o chamou de “occhiolino”, que significa “pequeno olho” em italiano. Em 1625, Giovanni Faber nomeou o “occhiolino” de Galileo Galilei de um microscópio composto e este nome permanece até hoje.

O microscópio óptico, o tipo mais comum de microscópio, contém várias partes com funções específicas. Observe a figura e descubra suas funções.

  1. Oculares: contêm as lentes oculares, as quais fornecem um poder de aumento de 10x a 15x, geralmente. É por aqui que você olha através.
  2. Revólver: segura as lentes objetivas e pode ser girada facilmente para mudar o aumento.
  3. Lentes objetivas: geralmente, há três ou quatro lentes objetivas em um microscópio, consistindo de poderes de aumento de 4x, 10x, 40x e 100x. A fim de obter o aumento total de uma imagem, você precisa multiplicar o aumento das lentes oculares pelo aumento das lentes objetivas. Portanto, se você utilizar em conjunto uma lente ocular de 10x com uma lente objetiva de 40x, o aumento total é de 10 x 40 = 400 vezes.
  4. Presilhas: seguram a lâmina no lugar.
  5. Platina: é uma plataforma plana que suporta a lâmina sendo analisada.
  6. Diafragma: controla a intensidade e o tamanho do cone de luz projetado sobre o espécime. Como uma regra geral, quanto mais transparente o espécime, menos luz é requerida.
  7. Fonte de luz: projeta luz para cima através do diafragma, lâmina e lentes.
  8. Base: suporta o microscópio.
  9. Condensador: ajuda a focar a luz sobre a amostra analisada. É particularmente útil quando utilizado em conjunto com as lentes objetivas mais poderosas.
  10. Braço: suporta o microscópio quando carregado.
  11. Botão macrométrico: quando o botão é girado, a platina é movida para cima ou para baixo, a fim de promover um ajuste grosso de foco.
  12. Botão micrométrico: utilizado para um ajuste fino de foco.
Próximo artigo: teoria e aplicação da microscopia luminosa.